Detalhes da Notícia

Nipoã comemora aniversário


Prefeito José Lourenço fala sobre os desafios de seu governo

No próximo dia 08 de setembro, Nipoã completa 62 anos de emancipação. Para comemorar a data, no dia 07 será realizada Missa Especial às 19h, mais tarde, às 22h, show com a Banda Brasil 2000 na Praça da Matriz. No sábado, 09, acontece uma partida de futebol entre Nipoã x Volta Redonda de José Bonifácio no Estádio Municipal. Aproveitando a data, nossa reportagem entrevistou o prefeito José Lourenço que completou oito meses à frente do município. Ele falou sobre os desafios que está enfrentando em sua administração, fez um balanço do governo, finanças e o planejamento para o restante do ano.

Confira a entrevista

Jornal A Voz do Povo - Gostaríamos que o senhor fizesse um balanço de como estavam os principais setores do município quando assumiu como prefeito?

José Lourenço -
Como já era esperado, quando assumimos a administração municipal herdamos o município com problemas em diversas áreas. Entre todos destaco a área da saúde, onde existiam problemas como a falta de abastecimento do sistema de saúde do Estado, onde o município quase perdeu recursos vinculados para atendimento da população. Também na área da saúde, existia um problema crônico na questão de relacionamento de toda a equipe de trabalho, onde com muita habilidade e transparência resgatamos a autoestima da equipe. O atendimento médico e o fornecimento de medicamentos básicos também ficavam a desejar, o que nos levou a buscar alternativas que viessem de encontro com as necessidades da população.

Também herdamos diversos problemas nas áreas da educação e no sistema administrativo e financeiro do município, mas graças a Deus e a dedicação de toda nossa equipe de trabalho estamos resgatando Nipoã e colocando a casa em ordem.

Jornal A Voz do Povo - Qual área o senhor entende que precisa de mais atenção?

José Lourenço -
Todas as áreas têm a sua importância e nós damos a atenção necessária, mas a área da saúde tem sido a grande prioridade de nossa administração.

O município tem problemas sérios com infraestrutura urbana e estarei me dedicando muito para dar a minha contribuição dentro da nossa gestão.

Jornal A Voz do Povo - O que deu para fazer nesses primeiros oito meses de mandato?

José Lourenço -
Buscamos nesse período organizar a parte administrativa do município, motivar os servidores públicos e colocar a nossa frota de veículos e equipamentos para rodar, pois estava quase toda sem condições de uso.

Nossos funcionários tem se esforçado muito e colaborado para que possamos melhorar a qualidade de vida da nossa população.

Recuperamos vários recursos que haviam sido perdidos pela gestão passada e concluímos a construção de 46 unidades habitacionais.

Muitas ações foram desenvolvidas e já estamos planejando àquelas que deverão ser desenvolvidas a partir de janeiro. Com esse planejamento começaremos o ano com mais segurança e aplicando os recursos com mais tranquilidade.

Jornal A Voz do Povo - Quais são as obras em andamento?

José Lourenço -
Temos buscado mecanismos que nos permite concluir a construção da Creche-Escola que herdamos com vários problemas burocráticos como prestação de contas e utilização do recurso específico para a obra em outras áreas.

Alguns compromissos já foram firmados, tanto na esfera Federal quanto Estadual, e em breve estaremos realizando diversas melhorias na área de infraestrutura urbana do município.

Jornal A Voz do Povo - No que se refere a finanças, como se encontra hoje a prefeitura?

José Lourenço -
Assim como na maioria dos municípios, temos encontrado dificuldades com a queda de arrecadação e a contenção da liberação de emendas, tanto na esfera Federal quanto Estadual, mas, mesmo assim, temos nos empenhado muito, buscando assim equilibrar as contas públicas e manter nossos compromissos com os fornecedores em dia.

Todos sabem que herdamos a Prefeitura com uma alta dívida e buscaremos, dentro do possível, saná-las, sem deixar de arcar com nossas despesas correntes da atual gestão.

Jornal A Voz do Povo - Qual planejamento para o restante de 2017?

José Lourenço -
Buscarei fechar o ano com um saldo financeiro positivo, para que possamos iniciar o ano com mais tranquilidade. No que diz respeito à investimentos em obras e novas aquisições, assim como na maioria dos municípios, temos a dificuldade muito grande de realizar ações com recursos próprios, pois nosso município tem uma arrecadação baixa. Graças a Deus e ao nosso planejamento de gestão financeira, temos priorizado o pagamento do salário dos servidores públicos em dia e também na melhoria do atendimento da saúde e educação do município. Isso tem nos dado tranquilidade para pensarmos no futuro e ampliar nossos investimentos e prioridades dentro da administração municipal.

Jornal A Voz do Povo - Gostaria de acrescentar mais alguma coisa? Deixar uma mensagem?

José Lourenço -
Todos sabem que tive um problema de saúde nesta minha caminhada, mas graças a Deus está tudo bem e estamos a todo vapor trabalhando muito pelo nosso povo.

A população pode ter certeza de que me empenharei muito, junto com os nossos funcionários públicos, para trazer melhorias para o município. Agradeço a confiança de todos e contem sempre comigo.