Detalhes da Notícia

Nipoã tem curso de processamento artesanal de olerículas


Nos dias 21 a 22 agosto, o CRAS – Centro de Referência em Assistência Social de Nipoã em parceria com o SENAR, realizou o curso de processamento artesanal de olericulas; “mais uma etapa em nossa luta para que as famílias tenham alternativas de renda, a mulher precisa produzir, achar caminhos rumo a sua independência, mostrar de fato a força que possui”, disse a presidente do fundo social, Cely Scalon.

O curso contou com a participação de 20 mulheres, todas tiveram a oportunidade de aprender a fazer picles, picles de cebola, batatinha ao vinagrete, tira gosto de berinjela, couve –flor ao natural, conserva em massa ou pastosa, molho suave de pimenta, catchup de tomate e molho tipo pomarola; “produtos que agradam em cheio o paladar das pessoas, tendo com isto, fácil aceitação comercial, sinônimo de lucro fácil e consequentemente, aumento no orçamento domestico”, falou Cely.

Para o prefeito Luciano Scalon, a realização dos cursos estabelece oportunidades;” infelizmente a falta de emprego para o público feminino é uma realidade, como alternativa estamos investindo na realização de cursos que possam garantir um ganho á mais no orçamento domestico, geralmente os mesmos são direcionados á produtos alimentícios com fácil aceitação”, salientou ele.

Cely Scalon garante que novidades vêm por ai; “vamos qualificar ainda mais o nosso público alvo, oferecendo oportunidades, abrindo caminhos para que todos tenham um alicerce financeiro e possam com isso, melhorar a qualidade de vida de suas famílias”, finalizou ela.